12h48

Natal deve gerar 101 mil vagas de trabalho temporário

Segundo a pesquisa, a indústria deve absorver 56,6 mil trabalhadores

Compartilhe
O Natal deve gerar 101 mil vagas de trabalho temporárias no país, uma queda de 3% no número da contratações em comparação ao ano passado, quando foram registradas 105 mil vagas, segundo levantamento da Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de RH, Trabalho Temporário e Terceirização (Fenserhtt) e do Sindicato das Empresas de Trabalho Temporário e de Terceirização no Estado de São Paulo (Sindeprestem), feito pelo Centro Nacional de Modernização Empresarial. Historicamente, o Natal sempre foi considerado o melhor período para o comércio varejista, mas a partir de 204 o cenário mudou e teve início a queda no volume de vendas e no valor dos presentes. Segundo a pesquisa, a indústria deve absorver 56,6 mil trabalhadores (56%), serviços 10,1 mil (10%) e o comércio deve ficar com 34,3 mil (34%), sendo 50% somente no estado de São Paulo. Temporários contratados em situação de primeiro emprego podem chegar a 20,2 mil e outros 5.050 terão chances de efetivação após o término do contrato.
Compartilhe
Deixe seu comentário
Acesse
Leia também no
Newsletter
Receba no seu e-mail todas as novidades da Revista Distribuição
Facebook Instagram YouTube
Cadastro 5
Cadastro 5
Cadastro 5
Fale com a redação
(11) 5572.1221
Ramal: 206
Publicidade
(11) 5572.1221
Ramal: 210
2016 - 2017. Revista Distribuição. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo | Agência Digital