17h30

Vila de Arouca terceiriza gestão de bancos de dados

Outsourcing em TI trouxe à distribuidora carioca o alcance de três pontos-chave

Compartilhe
Vila de Arouca terceiriza gestão de bancos de dados

Considerada como umas das mais importantes distribuidoras do Estado do Rio de Janeiro, a Vila de Arouca, fornecedora de produtos de alto giro para todo o mercado do Rio de Janeiro, dá um passo importante no caminho da TI voltada à evolução do negócio. Com a estabilidade adquirida em seu ambiente, hoje a área de tecnologia utiliza todos os seus esforços para apoiar unicamente na inovação da empresa, atuando lado a lado com as áreas focadas no seu core business.

A distribuidora, com mais de 40 anos de história e um mix com 800 itens, contratou a Reposit Tecnologia, provedora especializada em gerenciamento de banco de dados para os setores atacado distribuidor e varejo, com o objetivo de cuidar de toda a administração do seu banco de dados Oracle, o que ocorreu desde a implementação do WinThor, ERP da PC Sistemas, e continua agora com monitoramento e suporte.

A Vila de Arouca, que considera a Reposit seu braço direito, mensura bons resultados desta parceria não apenas no apoio do seu ambiente, mas também nas melhorias no índice de atendimento aos chamados de suporte técnico, na redução do orçamento de TI e, por fim, mas não menos importante, no aumento de produtividade da equipe interna, que passou a dedicar seu tempo para a inovação dos negócios da distribuidora.

Segundo Adão Miguel, gerente de TI da Vila de Arouca, a escolha de um parceiro com expertise adequada para a evolução do negócio foi extremamente importante para o alcance da maturidade da área de TI obtida hoje. “A heterogeneidade das nossas aplicações exige maior comprometimento e dedicação de parceiros que tenham conhecimento das demandas e das necessidades do mercado atacado distribuidor, como é caso da Reposit”, explica o executivo, que cita três pontos chaves na relação com o fornecedor: experiências com o ERP utilizado, conhecimento do banco de dados e rapidez no atendimento.

Miguel ainda ressalta que após a terceirização da gestão de dados, a TI passou a ser utilizada como um departamento construtivo, que oferece alternativas para apoiar especialmente na melhoria das vendas da sua equipe, composta por 100 representantes comerciais externos (RCA’s). “O movimento criado pela Vila de Arouca após a terceirização do nosso banco de dados é calcado especificamente para termos uma governança de TI controlada e com resultados tangíveis aos nossos negócios”, diz.

Na prática, a Reposit monitora e administra o banco de dados Oracle da Vila de Arouca, que suporta o seu ERP, o WinThor, e duas aplicações de força de vendas, fornecidas pela Máxima Sistemas: o Pedido de Vendas e o SCG, somando, no total, o tráfego diário de aproximadamente dezessete gigabytes de informação.

O apoio dado pela provedora também promove à distribuidora carioca redução de custos de tempo e de equipamentos. Fator considerado essencial para as empresas atravessarem a atual crise econômica sem abalar a sua operação, conforme explica o diretor executivo da Reposit Tecnologia, Leonardo Barros.

“Quando a casa está arrumada e nos deparamos com um cenário crítico como o que estamos vivendo, fica mais fácil ajustar os mecanismos para organizações ganharem produtividade, diminuírem as perdas e estarem preparadas para usar o seu time a favor do negócio e não do cuidado sistêmico”, finaliza Barros.

Compartilhe
Deixe seu comentário
Acesse
Leia também no
Newsletter
Receba no seu e-mail todas as novidades da Revista Distribuição
Facebook Instagram YouTube
Cadastro 5
Cadastro 5
Cadastro 5
Fale com a redação
(11) 5572.1221
Ramal: 206
Publicidade
(11) 5572.1221
Ramal: 210
2016 - 2017. Revista Distribuição. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo | Agência Digital