12h55

5 dicas para manter um Backup Corporativo

Nas últimas semanas, o mundo assistiu a uma onda gigantesca de ciberataques que atingiu, segundo estimativas do mercado, mais de 200 mil pessoas em pelo menos 150 países

Compartilhe
5 dicas para manter um Backup Corporativo

Nas últimas semanas, o mundo assistiu a uma onda gigantesca de ciberataques que atingiu, segundo estimativas do mercado, mais de 200 mil pessoas em pelo menos 150 países (incluindo o Brasil) afetando o funcionamento de muitas empresas e organizações.

Várias delas instruíram seus funcionários a desligar seus computadores imediatamente. O vírus utilizado no ataque, chamado de WannaCryptor, atacou ainda órgãos públicos brasileiros, que tiveram seus sistemas corrompidos.

A dimensão do episódio evidencia o quanto criminosos especialistas em hackear sistemas estão preparados para as mais ousadas investidas contra redes de empresas e de organizações. Mas como manter uma rede de dados segura e confiável em situações como estas?

A importância de um backup seguro e eficiente

O backup protege arquivos e dados em casos de ataques de hackers. É uma cópia de segurança dos dados, que pode ser restaurada em caso de perda do arquivo original, falha ou corrompimento do arquivo.

Neander Ferreira, especialista em storage e backup corporativo da CAS Tecnologia, listou abaixo cinco importantes dicas para que as empresas tenham um sistema de backup mais seguro e eficiente:

1. Ao contratar uma ferramenta de backup, atente-se aos seguintes fatores:

          a.  Que consiga alcançar alta performance.

          b.  Que possua variadas formas e políticas de execução do backup.

          c.  Que seja fácil de administrar.

2. Para ter maior segurança, faça dois backups dos dados mais estratégicos: a) um backup local, na estrutura da própria empresa; b) o segundo backup pode ser em um disco rígido externo ou em ambiente seguro na nuvem. É importante que o segundo dispositivo de backup seja compatível com a infraestrutura da empresa e que seja armazenado fora da empresa.

3. Evite ferramentas complexas, logs ou interfaces pouco intuitivas, pois podem tornar difícil a detecção de erros, assim como as correlações de erros.

4. Criptografe os seus backups. Isso é importante para que, mesmo que eles sejam comprometidos, tornem-se indecifráveis e inúteis para o hacker que tentará atacar seu sistema.

5. Para realizar esse serviço e cuidar de toda a gestão do seu backup, contrate um especialista ou, no mínimo, um profissional com habilidade para trabalhar com essa ferramenta e que domine seu funcionamento.

“Como foi possível observar durante a onda de ciberataques, mesmo empresas de grande porte, que contam com um ambiente robusto de TI, não estão imunes a esse tipo de situação. Os impactos nos negócios podem provocar problemas no faturamento e danos à reputação da empresa, quando toda a operação é interrompida por período prolongado devido à falta de backup”, explica Neander Ferreira, que completa: “no mundo globalizado, onde o volume de documentos, dados e informações estratégicas e confidenciais ganha cada vez mais relevância na tomada de decisões, é imprescindível ter um sistema de backup corporativo cada vez mais estruturado e seguro. Especialmente diante de tantos ataques de hackers.”

Compartilhe
Deixe seu comentário
Acesse
Leia também no
Newsletter
Receba no seu e-mail todas as novidades da Revista Distribuição
Facebook Instagram YouTube
Cadastro 5
Cadastro 5
Cadastro 5
Fale com a redação
(11) 5572.1221
Ramal: 206
Publicidade
(11) 5572.1221
Ramal: 210
2016 - 2017. Revista Distribuição. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo | Agência Digital